sábado, 5 de maio de 2012

INTERIOR DE PORTUGAL

Fomos passear. A convite de uns amigos, fomos até Viseu.

A1 direcção norte, IP3, direcção Viseu e após uma série de rotundas, característica desta cidade do interior norte, chegámos à rua estreitinha, na zona do Parque do Fontelo, que seria o nosso albergue durante os dois dias de fim de semana.

A companhia foi excelente, a oferta gastronómica foi soberba, o roteiro turístico interessante, mas o frio, esse meu inimigo eterno, tolheu-me um pouco. A aragem que se sentia era fresca e carregada de humidade. As manhãs acordaram-nos soprando ainda o orvalho da noite. A chuva fez-se sentir, mas o calor humano e a descoberta dos colegas numa maior intimidade, aqueceram os ares.

Ficam aqui algumas imagens da cidade e dos locais que visitámos.

Amores Perfeitos a florir
Igreja da Misericórdia de Viseu
Largo da Sé e Museu Grão Vasco
A Igreja da Misericórdia de Viseu
Igreja da Sé
O sol brincando com as gotas
Como recordação trouxemos os famosos Pastéis do Viriato, algumas ofertas da casa e muita vontade em regressar. Obrigada aos excelentes anfitriões e boa viagem para outras paragens.


Mas a proximidade aguçou a vontade, e ainda com dois dias de descanso, partimos de Viseu e rumámos a Lamego. 60 km para um destino já conhecido, uma paisagem fabulosa e uma família excelente. A recepção foi igual ou não fossem os anfitriões nortenhos conhecidos por isso mesmo: acolhimento de alma e coração.


A única novidade foi mesmo um cafézinho tomado num dos hotéis mais recentes do Douro vinhateiro. Entre a Régua e Lamego, entalado entre vinhas e socalcos com vista para o Douro ergue-se o AquaPura. O atendimento é excelente, o conforto convidativo e o preço só para alguns. Mas quem pode, pode e nós ficámo-nos por um cafézinho!!


Imagens para recordar e quem sabe cativar os mais afoitos. Este norte interior necessita de ser visitado, passeado, absorvido e divulgado. 














Que belo é o meu Portugal!


CSD